sábado, 22 de maio de 2010

Pequenos milagres diários!

Ontem, depois do banho, encontrei uma aranhazinha, bem pequena andando pelo chão do banheiro. Percebi que ela estava machucada, olhei de perto e constatei. Ela tinha perdido três pernas do lado esquerdo do corpo! Estava com apenas uma perna do lado esquerdo!

Acho que eu arranquei essas perninhas sem querer. Talvez ela estivesse na toalha quando me enxuguei. Eu senti pena e compaixão. Ela andava com muita dificuldade, muita mesmo.

Eu pensei que assim ela ia viver pra sofrer e nem ia viver muito porque não estava em condições de caçar. Pensei comigo mesmo, vou matá-la e cabar com essa dor. Mas... já prestes a matá-la, voltei atrás. Decidi que não fui eu que dei vida a ela, nem seria eu que iria tirar. Pensei que a vida é assim mesmo, existem predadores, a selva está aí, já que isso aconteceu, aconteceu. Ela deve seguir seu caminho de morte certa. Não a matei.

Hoje, fui tomar banho e diga quem eu achei no banheiro? A aranhazinha perneta... Mas você não vai acreditar... Ela fugiu de mim rapidamente com uma mosca nas garras!!!


CARA, GANHEI MEU DIA!

EXPLIQUE ISSO!

2 comentários:

TARDE disse...

a escolha da "não violência" é sempre a melhor escolha.

TARDE disse...

Agora... kkkkkk, esta sua experiência me lembrou uma estória que escutei quando criança:

Um, sujeito foi lá nas pirâmides visitar a tumba do Faraó. Encontrou uma aranha sem várias patas e a marcou com tinta para estudar o comportamento. Voltou depois de alguns dias e a aranha tinha todas as patas. Moral da estória: Creopata a aranhinha do egito!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

eXTReMe Tracker