domingo, 21 de junho de 2009

Já dizia Luís Lua Gonzaga!

Quem é rico anda de carro, quem é pobre anda a pé.

"
Mas o pobre vê na estrada
O orvalhoo beijando as flor
Vê de perto o galo campina
Que quando canta muda de cor
Vai molhando os pés no riacho
Que água fresca, nosso Senhor
Vai olhando coisa a granel
Coisas que pra poder vêr
O cristão tem que andá a pé."

EXPLIQUE ISSO!

Um comentário:

Ibnéias Costa da Silva disse...

No original o mestre gonzagão (música dele e de Humberto teixeira) afirma que "quem é rico anda em burrico e quem é pobre anda a pé". Com a licença poética e com o fato de que burrico já não é meio de transporte nem mesmo em nosso sertão ou na "estrada de canindé" título da música, tomado pelas motos, a lembrança e homenagem feita pelo blog é muito bem vinda. Parabéns pelas postagens.

eXTReMe Tracker